(11) 3856-7227

Dúvidas Frequentes

Como a fonoaudiologia pode me ajudar?

A fonoaudiologia pode prevenir, habilitar e reabilitar a voz, a audição, leitura e escrita de diversas maneiras.
Agende uma consulta para uma orientação detalhada e específica para cada caso.

 

1. Até qual idade é normal a criança falar errado?
Espera-se que as crianças falem corretamente todos os sons do português até os 4 anos e seis meses. As últimas aquisições são os grupos consonantais, tais como "prato" e "blusa".

2. Chupeta faz mal? Até quando deve ser usada?
A chupeta é muito utilizada para acalmar os bebês. Embora seja um hábito oral inadequado, às vezes, pelo estilo de vida atual, temos que lançar mão deste recurso, porém para evitar deformações dento faciais e prejuízos na fala e respiração, o ideal é que seja usada moderadamente até os 2 anos.


3. Dificuldade de falar em publico. A fonoaudiologia pode me ajudar?
Sim. A FONOAUDIOLOGIA é a ciência da comunicação e o profissional está habilitado a fornecer recursos que garantam boa voz, pronúncia e ritmo na fala.


4. Até quando uma criança pode usar a mamadeira?
O ideal é que a transição seja feita da amamentação para o uso do copo, porém a mamadeira ainda é muito utilizada, sendo seu uso recomendado até no máximo os 2 anos, com atenção especial ao bico, que deve ser ortodôntico e ao furo, que deve gotejar a fim de evitar posicionamento inadequado da língua e o famoso " ceceio".


5. É possível tirar o sotaque com a ajuda da fonoaudiologia?
Sim é possível. Com frequência observamos nos meios de comunicação artistas que modificam sua entonação e prosódia característicos de regionalismos ou de outros idiomas com a ajuda de orientação da fonoaudiologia .


6. Meu filho de 3 anos está gaguejando. O que posso fazer?
Nesta faixa etária é comum ocorrer o que chamamos de " disfluência fisiológica", onde a criança repete sílabas ou hesita antes de iniciar uma frase, características do quadro de gagueira.
Este comportamento deve-se ao fato do aumento significativo do vocabulário e assim a velocidade de pensamento é maior do que a capacidade motora de articular as palavras, provocando a quebra de fluência. 
Fique atento! Evite chamar a atenção da criança ou completar as palavras, pois se ela se acreditar um " mal falante" este processo natural  pode se tornar patológico.


7. O que é língua presa?

As pessoas popularmente associam a " língua presa " com a produção dos sons s e z com a língua entre os dentes anteriores, o que os especialistas dão o nome de ceceio, porém a " língua presa" é justamente o contrário.
Trata-se da impossibilidade de mover a língua para produzir alguns sons anteriores.
Vocês se lembram da propaganda onde o rapaz dizia " magavilha"? Pois é, este sim tinha "língua presa".

O tratamento é feito através de exercícios para adequação de tônus e postura de língua e, em alguns,  casos é necessário pequena cirurgia no freio lingual realizada por dentistas especializados ou médicos otorrinolaringologistas.


8. Problema para aprender. A fonoaudiologia pode me ajudar?
Sim a fonoaudiologia está habilitada para trabalhar com as dificuldades de aprendizagem, sejam elas trocas de letras, dificuldades na leitura, compreensão e redação ou até mesmo em raciocínio lógico matemático.

9. Crianças que demoram para falar. É possível ter alguma ajuda?
Com 18 meses as crianças já se expressam através de algumas palavras. Atrasos no processo de aquisição de fala e linguagem devem sempre ser investigados, algumas vezes em equipe multidisciplinar.

O fonoaudiólogo está habilitado para tratar o atraso de fala e fazer todas as orientações relativas a este processo para família e escola.


10. É bom corrigir a criança e ensinar como se fala determinadas palavras?
A tendência do adulto leigo corrigir repetindo primeiramente a palavra pronunciada erroneamente pela criança, como por exemplo na frase: " Não é cacholo, é ca chor ro".
Não devemos repetir e sim fornecer o modelo adequado, sem pausas, seguindo o curso da conversa dentro do contexto apresentado pela criança, seguindo o exemplo citado:  "Você viu um cachorro?"


11. Como é a terapia de fono com criança pequena?
Crianças aprendem através do lúdico. É muito importante que o consultório esteja equipado com brinquedos, jogos e recursos tecnológicos adequados para cada faixa etária. Muitas vezes a presença dos pais ou cuidadores dentro da sessão é de fundamental importância para que os modelos de estimulação sejam reproduzidos em casa,  garantindo assim maior efetividade do processo terapêutico.